Capítulo de livro aborda proposta metodológica para a análise de reportagens hipermídia

Capa_Livro_NarrativasFoi lançado durante o 16º Encontro de Pesquisadores de Jornalismo – SBPJor, que ocorreu no Fiam-Faam – Centro Universitário no mês de novembro, o livro Narrativas Midiáticas Contemporâneas: perspectivas metodológicas, organizado por Marta Maia e Monica Martinez. O livro conta com o capítulo “Proposta metodológica para a análise de reportagens hipermídia”, de autoria da professora do Mestrado Profissional em Jornalismo do Fiam-Faam – Centro Universitário Alciane Baccin.

O capítulo parte de discussões provocadas durante o doutorado da professora. Alciane diagnosticou carência de metodologias que dessem conta de analisar tanto as características hipertextuais das reportagens hipermídia quanto a estruturação narrativa. O texto apresenta um caminho metodológico para a análise de reportagens hipermídia, com vistas a atender dois eixos de investigação – o hipertexto, enquanto modo de escrita do ambiente digital, e a estrutura organizativa da narrativa. O percurso metodológico parte da Teoria do Hipertexto, especificamente com base nos trabalhos de George Landow (1995, 1997, 2009).

“A proposta de construção de uma matriz teórico-metodológica representa os caminhos que encontrei para organizar o pensamento teórico de modo que a metodologia escolhida não limitasse a construção teórica proposta na análise, pois acredito que o potencial hipermidiático, que o espaço de escrita digital dispõe ao jornalismo, possibilita aproveitar as características dos meios aliadas ao hipertexto e ao uso de recursos expressivos que acionam sensações a quem experiencia as histórias, aprofundando-as e ampliando o entendimento da informação”, destaca a autora.

O e-book pode ser baixado gratuitamente no site da editora Catarse, pelo link https://goo.gl/YJb7i3

Mestrado promove seminário com profissionais do HuffPost e do BuzzFeed no dia 30

curadoriaNa próxima sexta-feira, dia 30 de novembro, às 19h, o Mestrado Profissional em Jornalismo do Fiam-Faam Centro Universitário realiza a segunda edição dos Seminários de Integração com o Mercado, dando continuidade a experiências anteriores de aproximação com o mercado.

Com o tema “Curadoria, produção coletiva e novos fluxos de informação”, esta edição receberá Diego Iraheta, editor-chefe do HuffPost Brasil, e Mauro Albano, editor assistente do BuzzFeed.

Iraheta é jornalista formado pela UnB e mestre em Mídias Digitais pela University of Sussex, na Inglaterra. Foi chefe de reportagem do R7, em São Paulo, e editor-chefe da BandNews FM, em Brasília. Também passou por TV Globo, CBN, Brasil 247 e Ministério da Saúde.

Albano é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e trabalhou por 12 anos na Folha de S.Paulo, passando pelas editorias Agência Folha e Poder. Depois de alguns anos em agências de comunicação, foi contratado como editor-assistente do BuzzFeed News, em outubro de 2017.

A atividade é aberta ao público (não é necessário fazer inscrição) e ocorrerá no auditório do Centro de Pós-Graduação do Complexo Educacional FMU | FIAM-FAAM (rua Vergueiro, 101/107, 2º andar).

Ivan Paganotti publica resenha do livro ‘Politicamente correto, uma categoria em disputa’ na revista Galáxia

cover_issue_1989_pt_BRO docente do Mestrado Profissional em Jornalismo do Fiam-Faam – Centro Universitário Ivan Paganotti publica na Revista Galáxia, do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica da PUC São Paulo, a resenha “Correção Politicamente Carregada”.

O artigo faz uma análise da obra  “Politicamente correto, uma categoria em disputa”, de Nara Lya Cabral Scabin, publicada em 2018. O livro resenhado analisa as origens e transformações dos discursos ao redor do termo “politicamente correto”.

Com base na análise de 149 reportagens e artigos de opinião publicados pelo diário Folha de S. Paulo desde 1990, a obra avalia a relação entre a postura predominantemente crítica da cobertura do veículo sobre o politicamente correto e o surgimento de um influente discurso no campo político oposto, que defende o politicamente incorreto.

 

 

Aluna do mestrado participa de encontro de pesquisadores da Uniso

O XXI Encontro de Pesquisadores em Comunicação e Cultura (Epecom), ocorrido nos dias 24 e 25 de setembro, contou com a participação da aluna do Mestrado Profissional em Jornalismo da Fiam-Faam Vanessa Barros.

Vanessa Barros apresenta seu trabalho
 

Organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da Universidade deSorocaba (Uniso), com colaboração do Programa de Pós-graduação em Ciências da Comunicação (PPGCom) da ECA-USP, o tema do evento foi “Cinema e Produção Audiovisual”, e contou ainda com grupos de trabalho de outras áreas da Comunicação e Cultura.

Durante o evento, a aluna apresentou o artigo “Para quem o G1 está falando? A recepção do Jornalismo de Dados nos comentários de notícias no Facebook”. O tema foi debatido no Grupo de Trabalho “Narrativas Contemporâneas nas Mídias”.

Confira abaixo o resumo do artigo:


Este artigo tem como objetivo abordar como se dá a recepção do jornalismo de dados de leitores do G1 no Facebook, reconhecendo a rede como espaço de recirculação de informação jornalística e discussão pública. A metodologia aplicada é análise de conteúdo dos 100 primeiros comentários coletados em uma matéria guiada por dados sobre violência na página oficial do G1 no Facebook, e a fundamentação teórica baseia-se principalmente no conceito de recirculação jornalística. 

 

 

Ivan Paganotti fala sobre “fake news”ao blog Finanças Femininas

O professor Ivan Paganotti, docente do Mestrado Profissional em Jornalismo do Fiam-Faam – Centro Universitário, foi um dos entrevistados na reportagem “Fake news: guiacompleto para não ser enganada”, publicada no blog Finanças Femininas. 

Publicação do blog Finanças Femininas, com entrevista de Paganotti

O texto aborda o conceito de “fake news”, como elas se espalham e o porquê, além de dardicas de como identificar e evitar a disseminação de notícias falsas. 

Vale ressaltar que Paganotti é um dos criadores do curso online Vaza Falsiane – voltado para entender e combater fake news e desinformação.

O Finanças Femininas é o maior site do Brasil para falar de dinheiro só com mulheres. O blog incentiva a empoderamento feminino através da educação financeira.

Leia areportagem na íntegra: 

https://financasfemininas.com.br/fake-news-guia-completo-para-nao-ser-enganada/

Ivan Paganotti é autor de capítulo no e-book Pós-tudo e a crise da democracia

Ivan Paganotti, professor do Mestrado Profissional em Jornalismo do Fiam-Faam, é autor de um dos capítulos do e-book “Pós-tudo e a crise da democracia”, organizado por Maria Cristina Castilho Costa e Patrícia Blanco, editado pela ECA/USP. A obra será lançada em 21 de novembro, às 19h30, no auditório Lupe Cotrim, também da ECA/USP.

unnamedO texto de Paganotti é intitulado como “’Notícias falsas’, problemas reais: propostas de intervenção contra noticiários fraudulentos”. Veja o resumo abaixo:

Esta pesquisa procura focar como a ascensão do noticiário falso reposiciona o sentido de “mídia alternativa” como um lugar de resistência ao poder hegemônico e espaço para a experimentação de formatos inovadores de comunicação. Este trabalho procura definir que elementos devem ser preservados da metodologia própria do jornalismo da mídia massiva – como a checagem, a apresentação de fontes, a abertura crítica, a explicitação da ironia e a distinção entre opinião e reportagem – como denominadores mínimos para a preservação do espaço público de debate em tempos de diluição da reportagem, da crítica, da sátira e da manipulação.

Ivan Paganotti apresenta pesquisa sobre fake news em série de palestras pelo Brasil

O professor do Mestrado Profissional em Jornalismo Fiam-Faam Ivan Paganotti fez parte de uma equipe de pesquisadores que divulgou os resultados de seus estudos sobre fake news em uma série de 27 palestras.  Os eventos aconteceram em instituições públicas e privadas de ensino, centros comunitários, sindicatos e eventos de mobilização social em 16 cidades de oito estados, em quatro regiões diferentes, com um público total estimado de quase 2.000 pessoas.

Sua pesquisa foi desenvolvida em parceria com os pesquisadores Leonardo Sakamoto, da PUC-SP, e Rodrigo Ratier, da Faculdade Cásper Líbero, e resultou em um curso on-line gratuito, com apoio do Facebook, chamado Vaza, Falsiane!. A cobertura jornalística sobre o curso resultou em mais de 60 reportagens, entrevistas para televisão, programas de rádio e podcasts.

Entre agosto e novembro, o pesquisador foi convidado para apresentar seu curso e discutir mecanismos para combater a desinformação em universidades como Unesp (Araraquara/SP), Faculdade Cásper Líbero (São Paulo), ESPM (São Paulo), USP/Cinusp (São Paulo), Instituto Federal Sul de Minas (Poços de Caldas/MG), Fatec(São Bernardo do Campo/SP), Uscs (São Caetano/SP), IFSP (Guarulhos/SP), FMU/Fiam-Faam (São Paulo). O pesquisador também apresentou sua pesquisa na Virada Política (Rio de Janeiro) e no Projeto Redigir/ECA-USP (São Paulo).

Ivan ainda fará uma última apresentação neste ano na PUC de Campinas, dia 27/11 às 8h30. Em 2019, a turnê do “Vaza, Falsiane!” reinicia em março na Unitoledo, em Araçatuba/SP. Mais informações sobre o curso e sua turnê de divulgação podem ser encontradas na sua página no Facebook: https://www.facebook.com/cursovazafalsiane